Mais Categorias
Diversos

Estação Ferroviária está sendo usada como estacionamento em Caruaru

Dono de estacionamento privado diz que movimento caiu 40% por causa da ação irregular

Dono de estacionamento privado diz que movimento caiu 40% por causa da ação irregular
REDAÇÃO 30/07/2019 217
    Compartilhe:

Os motoristas que trafegam pelo centro de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, sentem dificuldade para encontrar uma vaga para estacionar nas vias públicas. Não há Zona Azul em todos os trechos e os espaços são insuficientes para as centenas de veículos que passam pela área diariamente. 

O empresário Ivanilson Amorim acredita que não vale a pena parar em um estacionamento privado para passar apenas 15 minutos, por exemplo. "Eu rodei uns 15 a 20 minutos para encontrar essa vaga, mas é mais prático", contou.

Outro problema que acontece no centro é o uso do pátio da antiga Estação Ferroviária como estacionamento. Flanelinhas estariam cobrando para que os motoristas estacionem no local, aproveitando o fim do período junino. Na entrada estão instalados alguns obstáculos, como barras de ferro, mas isto não impede que os carros entrem.

Um proprietário de estacionamento privado que preferiu não ser identificado denunciou que o movimento caiu 40% depois que a ação na Estação Ferroviária começou. "A utilização da área da Estação como estacionamento irregular atrapalha o nosso movimento, nós que trabalhamos de forma regular, pagamos impostos, temos funcionário, aluguel, e o nosso movimento tem caído mês a mês", relatou. O denunciante pede que a prefeitura atue para solucionar a atuação irregular.

Respostas dos órgãos
De acordo com o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (Destra), Gilmar Araújo, a fiscalização existe para os motoristas que estacionam na Zona Azul. "A missão da Destra é fazer essa fiscalização do usuário que vai estacionar lá, se ele está dentro do parâmetro estabelecido pelo uso do serviço. Se aparecer qualquer questão diferente disso, que envolva segurança pública, a gente conta com o apoio da Polícia Militar e dos órgãos de segurança parceiros em Caruaru para ajudar nesse sentido", explicou.

Por meio de nota, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) informou que tem contribuído com o projeto de requalificação do pátio ferroviário, que tem a finalidade de dar uso cultural e de lazer ao espaço e vem sendo desenvolvido pelo corpo técnico da prefeitura. Já sobre o uso do espaço como estacionamento, o Iphan destacou que o tema deve ser tratado pelo município.

  • Nenhuma tag encontrada
Notícias Relacionadas
Comente com o Facebook
Ofertas