Mais Categorias
Diversos

Dom José Ruy Gonçalves Lopes será o novo Bispo Diocesano de Caruaru

Posse está marcada para o dia 21 de setembro

Posse está marcada para o dia 21 de setembro
REDAÇÃO 10/07/2019 153
    Compartilhe:

Dom José Ruy Gonçalves Lopes, irá tomar posse no dia 21 de setembro. (Foto: Reprodução/Diocese de Jequié)
Nesta quarta-feira (10), o Papa Francisco em acolheu o pedido de renúncia do Bispo de Caruaru (PE), Dom Bernardino Marchió, por motivo de idade, e nomeou Dom José Ruy Gonçalves Lopes como seu sucessor. O comunicado foi feito ao meio dia no horário de Roma (7h no horário de Brasília), e divulgado no site do Vaticano e da CNBB.

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta, o Bispo Dom Dino falou em exclusiva para a Rádio Cultura do Nordeste e disse que o primeiro sentimento é de gratidão por tudo que passou na cidade, que colocou todos seus esforços na Diocese e ao falar sobre Caruaru, ele diz “Eu me senti em casa, eu sou nordestino, sou pernambucano”.

O NOVO BISPO DE CARUARU

Dom José Ruy Gonçalves Lopes, tem 51 anos e é natural Feira de Santana na Bahia. Ele fez seus votos na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos em 1988 e foi ordenado padre em 1993. O bispo é pós-graduado em teologia moral, na Arquidiocese de São Paulo.

Foi pároco e capelão na Bahia. Foi ainda definidor provincial e ecônomo provincial. Posteriormente foi ministro provincial e vice-presidente da Conferência dos Capuchinhos do Brasil. Era diretor do Colégio Santo Antônio quando foi nomeado bispo de Jequié.

Ele será o quinto bispo da Diocese de Caruaru e irá tomar posse no dia 21 de setembro.

Dom Bernardino Marchió

Dom Dino, como carinhosamente é chamado, nasceu em Busca, na Itália. Em setembro de 2018, Dom Bernardino Marchió, completou 75 anos e teve que enviar uma carta de renúncia ao Vaticano. A medida está prevista no Código de Direito Canônico.

Com a nomeação e a aceitação do pedido de renúncia, Dom Dino passará a ser bispo emérito, mantendo seu vinculo com a igreja, mas sem ter a obrigação de cumprir funções clericais. Em Caruaru, o único caso de emeritude aconteceu em 1992, com Dom Augusto Carvalho.

Até a data da posse do novo Bispo, Dom Bernardino Marchió continua como Administrador Apostólico da Diocese.

  • Nenhuma tag encontrada
Notícias Relacionadas
Comente com o Facebook
Ofertas