Mais Categorias
Diversos

Acusados de atirar no jornalista Alexandre Farias viram réus

Ele voltava do trabalho para casa

Ele voltava do trabalho para casa
REDAÇÃO 06/06/2019 146
    Compartilhe:

Os acusados de atirar contra o jornalista Alexandre Farias na noite de 16 de setembro de 2017 no Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, viraram réus no processo. A primeira audiência de instrução e julgamento do caso será realizada no dia 3 de julho, às 8h, no Fórum da cidade. Nesta etapa, testemunhas de acusação, de defesa e os acusados serão ouvidos. Depois, o juiz dará dez dias para acusação e defesa apresentarem as alegações finais. O magistrado decide em seguida se haverá júri popular.

O jornalista Alexandre Farias era apresentador da TV Asa Branca, filiada à TV Globo. Ele foi atingido por uma bala perdida quando voltava para casa após sair da sede da emissora. Na ocasião, policiais trocavam tiros com criminosos que estavam em um carro roubado.

Na fuga, os criminosos ainda atropelaram socorristas do Samu que faziam o atendimento de uma ocorrência. Os acusados são foragidos da penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, e foram presos no dia 18 de setembro de 2017 no Sítio Xique Xique, zona rural do município.

O apresentador passou oito meses (alguns deles em coma induzido) internado em um hospital particular do Recife. Ele passou por cirurgia para colocação de prótese no crânio e continua em constante recuperação e tratamento, em casa.

Réus
Os réus José Raniere de Oliveira Simão, Vitor Luiz Bezerra da Silva, Vagner Santos Figueiredo e Jefferson Santos da Silva respondem pela tentativa de homicídio ao jornalista e aos socorristas do Samu e por organização criminosa. Ierica Alves do Nascimento e Pedro Guilherme da Silva Filho respondem apenas por organização criminosa.

  • Nenhuma tag encontrada
Notícias Relacionadas
Comente com o Facebook
Ofertas